Tereza Collor - Moda anos 90

O assunto do dia é moda anos 90 e a biografia da Tereza Collor de Mello, venha conhecer ou relembrar os looks dela nesta década e os acontecimentos políticos, que colocaram o seu nome em evidência, em uma época conturbada do nosso país. 

#Post nº 550

Tereza Collor moda anos 90



Maria Tereza de Lyra Collor de Mello Halbreich, nasceu em Recife, em uma  família grande de sete irmãos, filha do empresário usineiro João Lyra, se formou em História e aos 18 anos se casou com o empresário Pedro Collor de Mello em uma festa com direito a cinco mil convidados, de acordo com ela parte destes eram conhecidos de seu cunhado Fernando, ou seja, a politica estava presente até na lista de casamento. 



Tereza Collor casamento Pedro
Tereza Collor noiva 

Foi mãe pela primeira vez aos 21 anos, ela e Pedro tiveram dois filhos Fernando Afonso e Victor Afonso. Tinha 28 anos, quando seu marido denunciou, certos fatos que estavam ocorrendo no governo do irmão então Presidente, através de uma matéria publicada na revista Veja em 1992, foram essas denuncias que desencadearam o processo de impeachment, em entrevistas a programas de televisão Tereza, afirma que Pedro nunca imaginou que o irmão poderia ser deposto do cargo de presidente, uma vez que naquela época até então isso nunca havia acontecido em uma democracia. 

Uma coisa muito presente nos looks deste post seja nos da Tereza como nos do Pedro é o xadrez e também os óculos. 



Pedro Collor e  Tereza com os filhos
Tereza, Pedro e filhos 

Após a entrevista Pedro que até então trabalhava na empresa da família, foi demitido, sua mãe que havia feito um testamento o beneficiando, retirou seu nome deste e Tereza alegou em entrevistas que apesar do casamento não estar indo bem, eles estavam separados após a repercussão da entrevista, optou por ficar ao lado do marido, porque ele estava sendo acusado de não estar bem mentalmente e ela sabia que não era verdade e optou em voltar com ele. 



Tereza Collor looks
Tereza Collor jovem 

  • Tailleur Xadrez 
Durante o processo do Impeachment, ela acompanhou o marido em uma audiência e foi fotografada com o look abaixo, o que a levou a ganhar o titulo de musa do impeachment, em entrevistas ela alegou que no meio de toda aquela confusão politica como alguém poderia dar destaque a sua roupa ou sua beleza.



tailleur tereza collor


Isso tudo ocorreu em 1992, ano da entrevista para Veja, a queda do Fernando Collor do poder, após isso eles foram morar nos EUA durante um ano, e em 1994 aos 42 anos Pedro descobre que tem um tumor na cabeça após exames de rotina e dois meses depois vem a falecer. 

Antes do Pedro falecer ela era a esposa dele, socialite, dona de casa e mãe, tinha uma vida mais discreta, as fotos e capas de revistas, ela sempre aparecia como esposa dele, após as denuncias para revista Veja, o casal apareceu em outras capas de revistas aparentemente falando sobre essas denuncias. Eu não sei se ela também falava sobre isso ou se só acompanhava o marido nas entrevistas. 



Tereza Collor anos 90
Tereza e Pedro época do Impeachment 

Após a morte do marido ela começou a trabalhar, até então dedicava-se a família,  assume um cargo de secretária do turismo de Alagoas de 1995 a 1998, devido a isso recebeu o titulo de cidadã honorária da cidade. Ela também ajudou a levar a internet, que na década de 90 era uma novidade, para este Estado durante a sua gestão, neste cargo. 

E depois da viuvez, ela chegou a ser capas de revistas femininas não falando sobre politica, como modelo ou personalidade da mídia, mencionou que chegou a ser convidada pela Globo para trabalhar como atriz, porém ela recusou. 

Anos depois casou-se em Veneza (em uma cerimônia pequena e discreta, ao contrario do primeiro casamento) com Gustavo Halbreich eles estão juntos até hoje, não tiveram filhos. 



Tereza Collor anos 90
Tereza e Pedro 

Ela chegou a trabalhar com design de jóias e moda, teve uma loja que acabou fechando, e nos últimos anos lançou um livro com fotos do estado de Alagoas, a maioria delas de sua autoria. Em entrevistas recentes relatou gostar de fotografia principalmente de fotografar suas viagens, lugares exóticos e culturas diferentes, seu filho mais novo é fotografo. 

Optei por não colocar fotos dos filhos dela neste post (atualmente), primeiro porque eles não são famosos ou pessoas públicas, segundo eles perderam o pai de forma repentina e o contato com a família paterna após a entrevista do Pedro para Veja, provavelmente esses acontecimentos que fizeram parte da história do país, afetaram a vida deles de uma outra forma. 



Tereza Collor hoje
Tereza Collor Atualmente 

Tereza foi convidada recentemente a ser candidata há um cargo politico em Alagoas, eu não me lembro se era para senadora ou deputada, a idéia do partido era ela concorrer diretamente com seu ex-cunhado Fernando Collor (que até hoje continua na politica), porém ela não aceitou, em entrevista para Luciana Gimenez, ela mencionou que o passado deveria ficar no passado e que ela não queria ressuscitar essa história. 

Muita gente que não viveu ou era criança na época desses acontecimentos confunde a Tereza Collor com a Rosane Collor, elas não eram parentes e nem próximas, a Rosane foi a primeira dama do país (esposa do Fernando Collor), a Tereza ela não tinha cargo politico ou ligação direta com politica. 


Veja também: 



Acontecimentos políticos anteriores 

Em 1964 o então presidente João Goulart foi deposto, ele e sua família foram exilados do país, o regime militar durou até 1985, quando Tancredo Neves foi eleito presidente porém ele faleceu antes de conseguir assumir seu mandato, o filme O Paciente fala sobre os últimos meses de vida dele e nós já falamos sobre este filme por aqui, no post sobre Risoleta Neves esposa do Tancredo que seria a primeira dama, caso essa fatalidade não tivesse acontecido. 

Nos anos 90, Fernando Collor de Mello vindo de um partido pequeno e de uma carreira politica construída no estado de Alagoas, foi eleito presidente, a primeira dama era a Rosane Collor sua esposa na época. 

O objetivo deste post é mostrar os looks da Tereza, não estamos aqui para julgar ela, o Pedro ou o Fernando Collor de Mello e muito menos falar sobre opiniões politicas. 

Comentários

Nossas Redes sociais