Abigail Folger Biografia

Hoje falaremos sobre a vida da ativista social Abigail Folger que é retratada brevemente no filme Era uma Vez Hollywood, vivida pela atriz Samanta Robson. 


Abigail Folger vida
Abigail Folger 1967

Se você caiu de paraquedas neste post e não está entendendo nada uma explicação rápida, anteriormente fizemos um post sobre os figurinos do filme Era uma Vez Hollywood que retrata parte da história da atriz Sharon Tate este ano completou 50 anos, do crime que envolveu sua morte. 

Neste filme é retratado rapidamente os amigos que estavam com Sharon em sua casa, na noite em que esta seria invadida, entre as pessoas estava Abigail Folger, para montar os posts sobre o filme fizemos uma imensa pesquisa e apenas encontramos relatos e fotos das vítimas sem vida, principalmente da Abigail, porém sua vida foi muito mais que apenas os terríveis acontecimentos que envolvem sua morte, logo a idéia do post é falar sobre a breve trajetória dela, que era uma mulher a frente de seu tempo.  



Abigail Folger biografia
Abigail Folger na Faculdade 

Abigail Anne Folger, 25 anos, nasceu em São Francisco em uma família de  empresários, seu pai Peter Folger era dono da empresa de café que levava o sobrenome da Família, fundada pelo avô do Sr. Folger, Gibbis como era chamada pelos amigos era a filha mais velha, tinha um irmão mais novo Peter Folger Jr e uma irmã por parte de pai Elisbeth. Seus pais se separaram na década de ciquenta e o Sr. Folger se casou novamente com uma mulher bem mais nova, Gibbis não era muito próxima de seu pai tanto que ele mal sabia de sua ligação com Hollywood e o casal Polanski, ao receber a notícia de sua morte. 


Ela estudou em uma escola apenas para meninas St. Catalina, atualmente na instituição existe uma biblioteca que leva seu nome, em seu testamento a mãe de Abigail Inês deixou para este lugar uma quantia em dinheiro, que provavelmente seria a parte da herança dela. Após terminar o ensino médio ela estudou na Radicliffe onde se formou em Bacharel em Artes. 



Abigail Folger anos 50


Encontrei em vários lugares a informação que Abigail era formada em História da Arte em Harvard, porém a instituição só passou a aceitar mulheres na década de setenta, houve uma fusão entre as duas instituições logo a confusão talvez ocorra por conta disso. 

Fato é que ela recebeu uma excelente educação sabia tocar piano, falar francês fluente, em Radicliffe durante a vida universitária chegou a fazer parte de um grupo de teatro e canto. 

Ela aparecia esporadicamente em colunas sociais, sua última aparição foi devido o casamento de seu irmão Peter Jr. Também chegou a ser pauta de uma matéria da revista Vogue em 1967, coincidência ou não a capa desta edição era a modelo Candice Berger que morava com Terry Melcher na casa onde Gibbys perderia sua vida anos mais tarde. 


Abigail Folger Vogue


A casa da Sharon Tate na Cielo Drive, foi escolhida pelo Charles Manson, pois ele tinha uma rixa com o Terry. 

Após terminar a faculdade Abigail foi trabalhar em um museu como relações públicas, apesar de ter nascido em uma família rica, ela teve vários empregos em galeria de artes, livrarias e editoras de revistas. 


Ela se mudou de São Francisco para Nova York para trabalhar na galeria de um amigo, durante este período ela conhece o polonês Wojciech Frykowski, através de um amigo em comum de ambos. 

Era uma mulher muito culta, tanto que ensinou seu namorado Wojciech Frykowski a falar inglês, eles se conheceram em 1968 através de um amigo em comum, no caso Wojciech Frykowski não falava uma palavra de inglês então eles se comunicavam em francês no inicio. 

Seu namorado queria tentar a vida em Hollywood como roteirista, ele era polonês amigo de infância do diretor Roman Polanski, os primeiros filmes do Roman foram patrocinados pela família do Wojciech Frykowski

Logo o casal foi morar em Los Angeles, para Wojciech Frykowski tentar conseguir alguma coisa em Hollywood. 

Antes do Wojciech Frykowski Abigail teve um romance com o fotografo Jim Marshall, ele faleceu em 2012 e um amigo mencionou que até então ele tinha sentimentos por ela. 



Abigail Folger


Pouco tempo depois o casal se mudou para a casa do diretor Roman Polanski enquanto ele e sua esposa Sharon estavam na Europa. 

E um amigo de Gibbis ficou na casa dela enquanto ela e Wojciech Frykowski estavam na casa dos Polanskis. 

Li na internet que ela chegou a comentar com seu psiquiatra que estava pensando em terminar seu namoro, devido ao envolvimento de Wojciech Frykowski com drogas, ela comentou sobre isso poucos dias antes de falecer. 

O casal ficaria na casa até que Roman voltasse da Europa, Sharon Tate devido a gravidez avançada, voltou primeiro de navio, também li que a Sharon se sentia incomodada com o Wojciech Frykowski pelo fato dele deixar pessoas desconhecidas frequentarem a casa e supostamente ele vendia drogas, tanto que a policia achou a principio que o motivo das mortes deveria ser algum contato do Wojciech Frykowski, eles chegaram nos verdadeiros assassinos por acaso. 

Abigail chegou a ser sócia do hair Stylist Jay Sebring, em um negócio de cosméticos de beleza. 

Não vou comentar sobre os detalhes da morte da Abigail, na verdade não era para ela estar lá, seu namorado era amigo do dono da Casa, ela não conhecia o casal Polanski anteriormente ao que tudo indica, no dia seguinte a sua morte, ela tinha uma viagem marcada, iria voltar para São Francisco para visitar sua mãe, Inês Folger (faleceu em 2007 aos 100 anos), Gibby faleceu há três dias de completar 26 anos. 

No momento em que a casa foi invadida ela estava em seu quarto lendo. No filme Era uma vez Hollywood ela é interpretada pela atriz Samatha Robson a participação é pequena e discreta. 



Era uma vez hollywood Abigail Folger
Abigail Folger real e no filme a atriz Samantha Robson

Li que após sua morte seu pai Peter Folger, proibiu a imprensa de mencionar  seu nome, em matérias que envolvessem o caso, ela é sempre citada como uma das vítimas mas nunca ninguém fala nada além disso sobre ela. 

Anos mais tarde o Sr. Folger vendeu a casa onde morava com a segunda esposa e os filhos e onde Abigail havia crescido, há quem diga que o motivo da venda foi que após sua morte, ele não queria mais ficar na casa, devida as recordações.  

Encontrei na internet uma entrevista dos irmãos dela Peter e Elisabeth falando sobre a indústria Folger, porém o nome de Abigail não é mencionado. 

Também achei um video de um homem que quando criança conheceu Abigail, ela chegou a presentear o irmão dele com um livro, na entrevista ele mostra presentes que ganhou da Abigail e da Sharon Tate quando criança. 

Comentários

Nossas Redes sociais