O Sorriso de Monalisa - Curiosidades | Repost

E o assunto do dia é sobre o filme O sorriso de Monalisa ( Mona Lisa Smile, 2003) com Julia Roberts no papel principal, ambientado em uma escola para meninas no ano de 1953, veja curiosidades sobre a década apresentada nesta história. 

O post postado anteriormente apresentou erro, devido a isso foi necessário republicar esta matéria.


O segredo de mona lisa curiosidades sobre o filme


Em o Sorriso de Monalisa, somos apresentados a Kate Watson (Julia Roberts), uma professora de história da arte que é contratada para lecionar em uma escola tradicional, fica a dúvida, no filme não ficou bem claro se tratava-se de uma escola Ensino médio ou Faculdade, a questão é que neste lugar as meninas aprendiam como ser esposas, pelo fato delas morarem em alojamentos e usarem suas próprias roupas, além de terem uma fraternidade secreta, imaginamos que se tratava de um curso         pós Ensino médio, porém não chegava a ser considerado faculdade, apesar de a Wellesley Collage realmente existir e ter sido considerada em 2009 pela revista Forbes a sexta melhor Universidade americana.  

  • A escola do filme existe mesmo ? 

Os lugares mencionados na histórias Wellesley Collage, Harvard e Yale realmente existem, e sim Harvard inicialmente era uma faculdade para homens que passou a aceitar mulheres na década de setenta (há uma cena do filme da personagem Joan (Julia Stiles) voltando para seu alojamento após ter ido visitar o namorado em Harvard), no post que fizemos sobre a Abigail Folger, (ela aparece no filme Era uma vez Hollywood) comentamos que muitas pessoas dizem que ela se formou em Harvard porém naquela época não eram aceitos mulheres, logo ela fez faculdade em Radicliffe, que passou a ser integrada por Harvard após a morte da Abigail, vale a pena ler sobre ela. 

  • Por quê  "sorriso de Mona Lisa" se o nome da personagem principal é Kate ? 

Provavelmente porque ela passa o filme inteiro com cara de paisagem, devido ao comportamento das pessoas a sua volta, na verdade vocês podem até reparar que este sorriso neutro, não aparece apenas na Kate,           mas também nas meninas, na Betty na cena do casamento, na Joan (Julia Stiles).

Vejam na cena da aula quando Kate (Julia Roberts) mostra a foto de sua mãe para as alunas, esta também aparece com sorriso de paisagem, o que demonstra de onde viria o sorriso da Kate (Julia Roberts), outro detalhe reparem a roupa dela provavelmente, a mãe da protagonista foi uma mulher um pouco a frente de seu tempo, ela aparece com uma roupa estilo uniforme, talvez por isso que Kate teve acesso a uma vida diferente para época, porque veio de uma família mais moderna quem sabe. 


O segredo de mona lisa cena do filme               
O Segredode Mona Lisa, foto mãe da professora 


  • As mulheres aprendiam a ser esposas em uma escola ? 

Em pesquisas descobrimos que isso não é uma característica da época nos EUA, em escolas de ensino médio brasileiras nas décadas de cinquenta e sessenta as mulheres tinham aulas referentes a bordado, como administrar as finanças da casa, algo do tipo, logo o fato é real.


 
O segredo de mona lisa mulheres anos 50


  • As mulheres nos anos cinquenta estudavam ? 

Boa parte dela chegava a cursar o ensino médio (no caso de famílias de classe média) e depois tinha o casamento como destino, em caso de famílias muito humildes era comum a pessoa desistir dos estudos para trabalhar.

 No caso no filme fica claro que elas eram de famílias abastadas por isso frequentavam, uma Escola tradicional. As Universidades da época já aceitavam mulheres, porém haviam poucas vagas e não era muito comum, apenas meninas de famílias ricas e talvez um pouco modernas, poderiam ir para a faculdade. 

Por exemplo Grace Kelly, chegou a cursar teatro na Academia Americana         de Artes Dramáticas e iniciou sua carreira aos 20 anos, encerrando esta para se casar com o príncipe de Mônaco, aos 26 anos. 

Jacqueline Kennedy também chegou a se formar em Bacharel em Artes, antes de se casar,  por sua vez Marilyn Monroe se casou aos 16 anos, por não ter família e morar em um orfanato seria um forma dela tomar um rumo na vida, uma vez que não teria oportunidade de estudo. 

  • O casamento era tão importante assim ? 

Sim, naquela época as mulheres casavam cedo e cuidar da casa, filhos e marido era o plano de vida ideal. Logo por isso a professora Kate (Julia Roberts)  por ser uma mulher com mais de trinta anos solteira, causava tanto estranhamento nas alunas, veja que as colegas de quarto da Kate, também eram professoras e solteiras.  

  • Decoração anos cinquenta no filme

A década de cinquenta foi marcada por muito romantismo e roupas extremamente femininas, foram os anos dourados, uma vez que na década anterior tivemos a Segunda Guerra (1939-1945). Logo na decoração não poderia ser diferente, no quarto de Kate (Julia Roberts), na sala, na cena do sofá, vemos estampas de flores, as estampas dos vestidos ganharam as paredes basicamente isso. 


Decoração anos 50 no filme O segredo de mona lisa

  • Cadê as músicas do Elvis Presley no filme ?

Sim. É meio estranho imaginar um filme, dos anos cinquenta sem as musicas do Elvis, porém ele iniciou sua carreira em 1954 (um anos após os acontecimentos da história), vale lembrar que se trata de uma escola tradicional e o Rock (que surgiu nesta época) era visto como algo de rebeldia, não muito bem aceito pelos pais. Por isso que na cena do casamento da Betty está todo mundo dançando outro ritmo. 

Mas na cena do baile há pessoa dançando Twist que era a dança nova da         época relacionada, a rebeldia dos jovens da década de cinquenta, apesar         de ser Twist a dança na cena a música desta é de outro ritmo digamos, geralmente nos filmes e novelas vemos as pessoas dançando este ritmo ao som de rock, talvez por uma questão de direitos autorais ou devido ao tradicionalismo da escola, ou também pelo fato de o ritmo estar no início de seu longo sucesso, não vemos musicas de rock no filme. 
 

Dança anos 50


  • O divórcio já existia na década de cinquenta ?

Sim, no mundo o divórcio já existia, porém não era bem visto pela sociedade, ter uma filha, mãe divorciada, logo muitas vezes não era usado por conta disso. No Brasil o divórcio chegou apenas na década de setenta, o que existia era o desquite, onde o casal se separava, mas não poderia se casar novamente no papel, logo a solução era morar junto, o que também não era aceito pela sociedade, ninguém ia querer ver sua filha com um homem desquitado, na novela Éramos Seis que terminou este ano, isso foi bem abordado. 

Atualmente apenas o Vaticano e Filipinas não aceitam divórcio em suas leis, o Chile aderiu a este em 2004.

LEIA TAMBÉM:




  • Músicas do filme O sorriso de Monalisa

    A música da cena do casamento da Betty, Monalisa Smile é interpretada pelo cantor Seal e provavelmente foi feita para o filme, não encontrei nenhuma referência que está música fosse daquela época e o Seal nasceu nos anos sessenta, logo ele não foi um cantor da década de cinquenta. 

    Um CD com a trilha sonora do filme também foi lançado na época. A música da última cena chama Suite (não iremos contar o final), é da Rachel Portman, conhecida compositora de Hollywood, ela chegou a trabalhar para a Disney no filme A Bela e a Fera: Natal encantado, uma versão lançada após o sucesso da história que todos nós conhecemos e também foi indicada ao Oscar duas vezes.

    • Julia Roberts como protagonista 

    Para quem não sabe esta atriz foi um dos principais nomes dos anos noventa em filmes românticos como Uma Linda Mulher, O casamento do meu melhor amigo, Um lugar chamado Nothing Hill e Noiva em Fuga. Em 2000 ganhou o Oscar de Melhora atriz por Helen Brockovich: Uma mulher de talento, onde interpretava uma mãe solteira de personalidade forte que ajudou, um advogado a ganhar uma causa social quase impossível, ou seja, antes de viver Kate, Julia havia acabado de interpretar também uma mulher de opinião. 

    Para viver a professora de arte do filme, ela chegou a ter aulas em uma Universidade de Nova York sobre o assunto. 

    • O filme ganhou algum prêmio ? 

    Infelizmente não, chegou a receber uma indicação ao Globo de Ouro, por melhor canção original. Também não obteve sucesso de bilheteria, o valor arrecadado 63 milhões ficou abaixo do valor gasto para sua produção 65 milhões.

    Apesar de ter sido lançado em 2003, atualmente este filme é indicado como trabalho para alunos do ensino médio, o que mostra a importância desta história que é atemporal e vale apena ser conhecida. 


    Comentários

    Nossas Redes sociais