Belém do Pará Cultura | Força do Querer

E hoje mostraremos algumas curiosidades, sobre a cultura do Belém do Pará, tema dos primeiros capítulos da novela A Força do Querer


Cena da dança carimbó na novela


Na cena em que Ritinha (Isis Valverde) foge com Ruy (Fiuk), durante a festa de casamento, eles usam um Pocotó, a personagem usa este nome ao descrever a fuga para Dantas (em outra cena), porém não encontramos nenhuma referência a isso na internet. 
O uso das canoas  é também presente na Amazônia, a mãe da personagem conta que deu a luz a ela em uma, no meio do rio após ir visitar uns parentes, ou seja, Ritinha nasceu nas águas. 


Ruy e Ritinha fogem no casamento


As barcas que aparecem nos primeiros capítulos da novela, fazem parte do turismo da cidade, visitantes podem fazer passeios com estas, aliás a cantora Gretchen em seu último casamento, com Esdras de Souza, chegou em uma destas embarcações, o marido da cantora é natural deste estado.


Ruy vê ritinha no rio


  • Nossa Senhora de Nazaré 

E por falar em casório da Gretchen este foi realizado por um juiz de paz e por um reverendo, a santa presente na cerimônia é Nossa Senhora de Nazaré e sua presença é frequente em casamentos deste lugar. E há uma festa em sua homenagem chamada Círio de Nazaré que ocorre todos os anos, também uma igreja leva o nome da santa. Ela também aparece na novela, chamada de Nazinha (pelo Zeca). 


LEIA TAMBÉM: 


casamento Gretchen santa


  • Por quê Ritinha é filha do boto ?

O Boto é um personagem do folclore brasileiro e na verdade ele faz parte da cultura Amazônica, na minissérie Amazônia: De Galvez a Chico Mendes (2006), também de autoria da Glória Perez, a Deuzuite (Giovana Antonelli) é enganada pelo Tavinho e abandonada por ele. 

Ao descobrir estar grávida, para não ser expulsa de casa ela diz para a família que seu filho é do Boto. Detalhe que o Tavinho, era filho do dono do seringal, ou seja, seu filho é o herdeiro do lugar onde ela e família trabalhavam, como colonos. Ao se tornar adulto ele passa a trabalhar como empregado, do local sem saber de sua origem. 


Ritinha e boto no rio


Em a Força do Querer, fica claro que a mãe da Ritinha (Isis Valverde) é Manauara e que mudou-se para Belém, isso explica o fato dela ser filha do boto, há uma cena (a do casamento da Ritinha e Zeca) em que Edinalva conta, que sua irmã mais velha ficou grávida e foi expulsa de casa, quando aconteceu com ela, a família aceitou por ela ter sido enganada pelo Boto. 

A história explica o fato da Ritinha (Isis Valverde) dizer ser uma sereia. A lenda diz que o peixe se transforma em um belo homem, com dente de ouro que seduz mulheres e que seria impossível resistir a ele. 

Assim como na histórias da sereias, nenhum homem consegue resistir a elas. Levando em consideração que a Sereia também é uma conto folclórico, no Brasil conhecida como Yara. 

A cena da fuga do casamento representa isso, a menina seduz Ruy de certa forma, que ele foge com ela, mesmo sem pensar nas consequências. 


Ritinha e ruy cena do casamento


  • Cidade da novela A Força do Querer 

 A cidade de Parazinho onde iniciou a trama, é fictícia, ou seja, ela não existe. As cenas foram gravadas na Amazônia, no município de Nossa Senhora do Perpetuo do Socorro. 

Quando a Ritinha foge para Belém, ela aparece passeando em um mercado chamado de Ver o Peso (lugar real da cidade), e ela arranja emprego como sereia em um parque, o Mercado existe porém não há parque lá, esta parte foi inventada para a trama. 


Mercado de Ver o peso


  • Figurino das Personagens 

Acredito que o figurino da Ritinha e da Marilda, nos primeiros capítulos condiz com as vestimentas do lugar, devido ao calor as roupas usadas são mais leves. No caso da novela Parazinho é uma cidade ribeirinha, pequena do interior de Belém, logo as roupas mais informais tem haver com o lugar. 

O figurino da Edinalva (mãe da Ritinha) é mais caricato, devido ao fato dela ser uma personagem de comédia, logo as roupas coloridas e chamativas, teriam haver com a personalidade da personagem e não com a  cultura de Belém. Na imagem abaixo é possível ver a diferença no figurino da personagem e dos pais do Ruy. 


Cena Joice e Dantas com Edinalva

  • Curió do Bico Doce 

Essa é música  do Carimbó na novela (na época que a novela estreou fizemos um post somente sobre esta dança) e na verdade é considerada por muitos um forró, porém seu autor a considerá Carimbó mesmo. 

LEIA TAMBÉM: 

E pertence ao cantor Gonzaga Blantez, ele aparece nas cenas do casamento da Ritinha, a música é de autoria de Blantez, que já cantava carimbó e precisava de uma letra nova, para apresentar em um espaço cultural. 

 E o Curió também é chamado de papa arroz, nada mais é que um pássaro que vive cerca de 10 anos em natureza e caso seja preso poderá viver até 30 anos. Ele pode ser encontrado em lugares como Bahia, Santa Catarina, Maranhão, Alagoas e Rio de Janeiro. É conhecido pela variedade de seu canto. 


pássaro curió

Comentários

Nossas Redes sociais