segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Figurino: Elis filme

O filme Elis (Andrea Horta) estreou no último fim de semana e é uma biografia da carreira  deste ícone da musica brasileira, veja os figurinos e conheça um pouco mais das roupas e estilo da eterna Pimentinha. 


Elis Regina em Show
Elis Regina em Show


Elis Regina Carvalho Costa nasceu em Porto Alegre, começou a cantar com treze anos, iniciou sua trajetória fazendo apresentações em sua cidade, ainda na adolescência sua mãe a levou a um programa de rádio O clube do Guri, a seu pedido para se apresentar essa parte não é mostrada no filme porém foi retratada anteriormente em um especial de TV. 


Elis Regina jovem, anos 60
Elis Regina jovem, anos 60

Um fato interessante o nome Elis vem de um romance que sua mãe leu enquanto estava grávida, porém o pai da cantora foi impedido de registra-la assim de acordo com o cartório este nome é unissex logo deveria ser acompanhado por outro mais feminino, a prima de Elis havia nascido uma semana antes e chamava-se Sandra Regina, daí surgiu a idéia do nome que seria inconfundível e único como sua pessoa. 

  
Elis (Andrea Horta) figurino
Elis Regina (Andrea Horta) jovem, anos 60 , figurino do filme


O filme começa provavelmente no final dos anos 50 ou inicio da década seguinte Elis então com dezenove anos vem para Rio com seu pai atrás de uma oportunidade sem sucesso, nesse meio tempo ela conhece a dupla  Carlos Miele e Ronaldo Boscoli, muito conhecidos na noite carioca.


Elis Figurino filme
Elis Regina (Andrea Horta) vestido figurino anos 60, filme 
  
O que fazia sucesso até então era a Bossa Nova, Nara Leão era o grande nome da vez porém Elis não se encaixava no padrão deste estilo musical, ela tinha uma voz muito estridente, personalidade forte era muito inquieta isso é mostrado no filme, logo seria impossível coloca-la para cantar sentada em um banquinho toda comportada. 


Elis Regina e Ronaldo Boscoli
Elis Regina e Ronaldo Boscoli


A dupla Miele e Boscoli foram os primeiros a darem uma oportunidade a jovem Elis Regina, a idéia dela usar o cabelo curtinho e se movimentar mais no palco foi deles, porém um ex-boxeador e empresário foi quem a alavancou sua carreira para o sucesso inicial.  

  • Vestido de Noiva da Elis Regina 

Um dos figurinos mais fashionistas da Elis com certeza foi seu vestido de noiva do primeiro casamento com o Ronaldo Boscoli, que era de autoria do Dener Pamplona, grande estilista brasileiro que também foi padrinho do casório, mas no filme o vestido mal aparece. 


Elis regina vestido de noiva
Elis Regina vestido de noiva, Dener Pamplona, casamento com Boscoli


Abaixo a cena do filme que remete ao casamento é uma sequência super rápida e como a Andrea Horta (atriz) está sendo carregada pelo noivo mal dá para ver o figurino dela. Alias ela interpretou Elis Regina com perfeição, o ator que viveu o Ronaldo Boscoli também trabalhou super bem e  é muito parecido com ele fisicamente.


Filme Elis (Andrea Horta)
Filme Elis (Andrea Horta) casamento cena


O vestido dela seguia a moda de noivas da época, se você verem o look da Priscila Presley em seu casamento com Elvis (nós fizemos um post sobre os penteados anos 60 dela) segue os mesmo padrões. Além de seu vestido de noiva o Dener Pamplona também fez figurinos para os shows dela.


Elis Regina noiva
Elis Regina vestido de noiva, Dener Pamplona, casamento com Boscoli

O vestido azul abaixo foi usado pela Pimentinha na cena de sua turnê na Europa. O filme retrata a vida dela até sua morte, logo não há spoilers neste post, os fatos retratados no cinema são os mais conhecidos sobre sua biografia sem nenhuma novidade. 

Elis vestido azul
Elis Regina (Andrea Horta) Filme vestido azul, figurino


O look abaixo foi usado em um evento militar no qual a Elis Regina se apresentou, após se interrogada pelos milicos, devido a uma entrevista que deu fora do país, ela foi obrigada a aceitar o pedido de cantar nas Olimpíadas Militares.

Na foto ao lado ela dançando com o Pelé em outro momento que não tem haver com esta cena (e também não esta no filme) porém vejam com o figurino da cena em questão e a roupa da foto são semelhantes. 


Elis Reina (Andrea Horta) Filme, figurino
Elis Regina (Andrea Horta) Filme, figurino 



O figurino abaixo é da turnê Falso Brilhante que a Elis organizou com seu segundo marido Cezar Mariano ela canta a música Fascinação com este vestido. 

A gente não conseguiu uma imagem boa do filme deste figurino mas ao lado a foto original da Elis com este vestido é possível ver que é a mesma roupa, os figurinos de show da cantora na época eram assinado por Miriam Muniz e Naum Alves Souza


Elis Regina figurino
Elis Regina (Andrea Horta) vestido, figurino do filme



As imagens a seguir  são fotos originais da cantora, esteslooks não foram reproduzidos iguaizinhos os das imagens, mas no filme há figurinos inspirados nestes, ou seja a figurinista manteve o estilo real da cantora.


Elis Regina
Elis Regina (Andrea Horta) anos 70


Destaque para o figurino abaixo, ela esta usando uma espécie de bata e com os pés descalços, este tipo de roupa  é muito frequente no filme e a Elis descalça também é retratado, ou seja este era o estilo dela mais despojado, tipo não estou nem aí para o meu visual.


Elis Regina (Andrea Horta) anos 70
Elis Regina (Andrea Horta) anos 70


Na cena abaixo ela aparece grávida do primeiro filho João, com uma bata florida, este look segue o mesmo estilo da imagem anterior. 


Elis Regina (Andrea Horta) figurino
Elis Regina (Andrea Horta) figurino filme 


No filme há um figurino bem semelhante ao vestido da foto abaixo (não conseguimos uma imagem). 

Elis Regina foto, vestido estampado
Elis Regina foto, vestido estampado


Apesar de toda a nossa equipe ser super fã da Elis Regina e sabermos a importância dela para a musica brasileira temos que admitir  ela não era uma fashionista de plantão, o que é compreensível afinal o papel dela neste mundo era outro

Terminamos este post com a imagem abaixo sem nos importar se o look usado pela Elis é fashionista ou não e sim pelo fato da foto descrever sua essência. 


Elis Regina cantando
Elis Regina cantando 

Leia também: 

Além do sucesso como cantora suas idéias e personalidade forte marcou uma época em que não havia redes sociais, fotos eram escassas e a liberdade para falar era limitada e vigiada.

Como seria se ela estivesse viva o que estaria fazendo ou dizendo? Aliás o filme retrata seus últimos momentos de vida, porém as circunstâncias de sua morte não alteram a grandiosidade de seu trabalho que é eterno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário só ficará visível na página após ser aprovado. Deixe sua pergunta, sempre respondemos nossos leitores.