Edith Head : Biografia e Oscar

Hoje falaremos sobre uma lenda do mundo do Oscar, a figurinista mais premiada e indicada na categoria Melhor Figurino. Conheça a trajetória de Edith Head e veja os figurinos dos filmes que a levaram a vencer este prêmio 8 vezes. 


edith head biografia e oscars



Edith Claure Posener nasceu na Califórnia, em uma família judia. Após a separação dos pais e novo casamento de sua mãe passou a frequentar a igreja católica. 

Ao que tudo indica não tinha pretensão inicialmente de trabalhar com moda ou cinema, Edith fez faculdade de Letras e mestrado em Línguas. Durante anos lecionou francês em uma escola. 

O sobrenome Head pertencia a seu marido Charles Head, o casamento acabou em 1936, porém ela continuou a usá-lo até sua morte. Ela se casou novamente anos depois porém ficou viúva.



Edith Head e Audrey Hepburn
Edith Head e Audrey Hepburn 


A trajetória de Edith no mundo dos figurinos começou em 1925, e durante a década de trinta ela ganhou espaço nesse universo, a cerimônia do Oscar existe desde 1919, porém a categoria de Melhor Figurino surgiu apenas em 1948 e era dividida em melhor figurino filme preto e branco e colorido. 

Seu primeiro figurino de destaque foi um vestido usado pela atriz Doroty Lamour no filme The Hurricane (1937). 



Primeiro figurino de destaque em The Hurricane 


Em 1948 quando o prêmio de Oscar de melhor figurino foi incluso na cerimônia Edith já estava entre as indicadas. Deste ano até 1966 ela recebeu 35 indicações ao Oscar e ganhou 8 vezes. A primeira vez em 1950 pelo filme Tarde Demais. 



Edith Head figurinos
Figurino Tarde Demais (1950)  Primeiro Oscar da Edith


No ano seguinte novamente Edith Head foi campeã pelos figurinos de Sansão e Dalila e também por A Malvada, sim ela conseguiu ser indicada duas vezes (por melhor figurino preto e branco e colorido) no mesmo ano e ganhar dois Oscars em um único ano. 



Edith Head figurinos Oscar
Figurino Sansão e Dalila. ganhador do Oscar 


Contratada da Paramont onde trabalho por 46 anos, inicialmente ela não tinha experiência e nem trabalhos na área, em uma entrevista mencionou ter usado trabalho de seus alunos nas entrevistas de emprego. 

Começou como assistente de figuração, após um dos figurinistas chefes deixar a Paramont ela foi promovida e aí não teve para mais ninguém.



Sansão e Dalila figurino
Dalila Figurinos por Edith Head 


Mesmo tendo contrato com a Paramont Edith era "emprestada" para outras produtoras a pedido das atrizes que queriam trabalhar com ela. 



A malvada figurinos, vencedor do Oscar
A malvada figurinos, vencedor do Oscar 



Em 1954 foi novamente campeã do Oscar pelo filme A princesa e o Plebeu, que tinha a então novata Audrey Hepburn como protagonista, como a atriz também era contratada da Paramont as duas trabalharam juntas em diversos filmes, mas isso é assunto para outro post. 



A princesa e o Plebeu Edith Head
Figurino para Audrey Hepburn em A princesa e o Plebeu 


Novamente no ano seguinte 1955 temos Edith Head indicada outra vez pelo filme Sabrina, também com Audrey como protagonista, fato curioso apesar dos looks mais conhecidos desse filme serem de autoria do estilista Hubert Givenchy, a Audrey pegou algumas roupas da coleção dela daquele ano para usar no filme, Edith assinou a figuração e levou a estatueta para casa. 



Sabrina Edith Head figurinos
Figurinos Sabrina por Edith Head

Naquela época era comum mais de uma pessoa ser responsável pelos figurinos de uma filme, inclusive estilistas eram convidados para vestir um único personagem. No post que fizemos sobre o filme Bonequinha de Luxo (cujo Edith também era a figurinista) falamos sobre isso. 



Um golpe de mestre 1974
Um Golpe de Mestre 1974

Ainda ganharia mais dois Oscars em 1961 por O Jogo proibido do amor e em 1974 por Um Golpe de Mestre 



O jogo proibido do amor filme
Filme O jogo proibido do Amor 1961, Último Oscar da Edith 



Nos anos 80 ela foi trabalhar na Universal Filmes aonde ficou até sua morte em 1981 aos 83 anos. 

Na década de 70 Edith Head foi convidada a desenhar os uniformes femininos da Guarda Costeira Americana, devido ao grande interesse de mulheres em se alistar a esta. 



figurino um lugar ao sol
Um lugar ao Sol (1952) Liz Taylor 


Apesar do bom gosto e talento para o mundo dos figurinos, Edith se vestia de forma conservadora, sem seguir a moda do momento e também não se considerava uma estilista, para ela figurinista e estilista eram ocupações diferentes. 

A personagem Edna Moda dos filme Os incríveis, foi inspirada nela. Para quem não sabe Edna é a figurinista da família de super heróis. Ela também tem uma estrela na famosa calçada da fama de Hollywood. 



Edith Head e Edna Moda
Edith Head e Edna Moda 

Se você gostou do assunto e quiser saber mais sobre as figurinistas premiadas atualmente no Oscar assista o vídeo, que fizemos sobre este tema. 


Assistir no Youtube - Clique aqui


Comentários

Nossas Redes sociais