Figurino: Mary Poppins 2018

E hoje falaremos sobre os figurinos do filme O retorno de Mary Poppins 2018, (um dos indicados ao Oscar 2019, nas categorias melhor figurino e melhor trilha sonora) que ocorre na década de trinta e também sobre o filme desta personagem lançado nos anos 60, um clássico da Disney. Vem conhecer! 



O retorno de Mary Poppins Emily Blunt
A atriz Emily Blunt como Mary Poppins atual 


A história da Disney com Mary Poppins já é um filme a parte, a autora da história Pamela Travers não queria de jeito nenhum vender os direitos autorais para o empresário Walt Disney, durante muito tempo o conto existiu apenas nos livros. 



Mary Poppins, Jane e Michael em 1964
Mary Poppins, Jane e Michael em 1964 


Em 1964 o primeiro filme sobre a personagem chegou aos cinemas, a história acontecia na década de 1910, onde o Mr. Banks tenta a todo custo conseguir uma babá para seus filhos Jane e Michael, também faziam parte da história a empregada da família e a mãe das crianças. 




Figurino Mary Poppins 2018 e 1964
Emily Blunt e Julie Andrews nas duas versões 


Mary Poppins destaca-se por ser uma babá doce e sem aquela autoridade de antigamente, hoje em dia uma pessoa autoritária e severa cuidando de crianças é algo que seria visto como impróprio talvez. 



Moda anos 30 filme Mary Poppins
Moda anos 30 Mary Poppins 



No filme de 2018, Jane (Emily Mortimer) e Michael (Benjamin Whishaw)  já são adultos e o menino agora um homem viúvo está com problemas em manter a ordem na casa, após a morte da esposa ele tem três filhos, trabalha no mesmo banco em que seu pai trabalhava e está prestes a perder a casa, ou seja a vida do Michael estava uma bagunça. 



Figurino O retorno de Mary Poppins
Mary Poppins no filme

Logo a mesma Mary Poppins (desta vez interpretada por Emily Blunt, na primeira versão foi vivida por Julie Andrews) retorna mais de vinte anos depois, para ajuda-los e também cuidar das crianças. 

A história é muito bem feita, com um elenco de peso porém é um filme aos moldes antigos, logo não muito atrativo para as crianças de hoje em dia, apesar de ser uma história infantil. 



Figurino Mary Poppins com Emily Blunt
Marry Poppins (Emily Blunt) anos 30 

Este filme seria um revival ou uma versão em homenagem ao lançado nos anos 60 talvez? Abaixo uma das cenas clássicas da primeira história, com pinguins retratada na nova história.  

Detalhe que a criadora da Personagem Pamela Travers não queria de jeito nenhum desenhos animados no filme de 1964. 


Mary Poppins pinguins
Mesma cena nos dois filmes 


  • Jane (Emily Mortimer)
Com poucos personagens, assim como Michael (Benjamin Whishaw) ocupa o lugar de seu pai na nova história, Jane (Emily Mortimer) substitui a mãe. 

No filme de 1964, a mãe das crianças fazia parte de um grupo de mulheres que lutavam por direito ao voto, uma espécie de grupo feminista (este movimento ganhou força na década de vinte). 


Jane Emily Mortimer em Mary Poppins


Na história atual Jane (Emily Mortimer) não é casada, mora sozinha e trabalha em um sindicato, a década de trinta foram considerados anos complicados, devido a queda da bolsa de 1929, ou seja uma crise onde muitas pessoas perderam tudo (inclusive os ricos). 

As roupas da Jane (Emily Mortimer) no filme, mostram uma mulher moderna e engajada com os acontecimentos da sociedade de 1930. Vejam que o look dela é bem masculino, apesar da calça já existir nesta década, as mulheres ainda usavam saias. 


Mary Poppins Jane 2018
Figurino Jane moda anos 30 
  • Dica de filme 
E se você quiser conhecer a verdadeira história por trás deste conto, veja o post que fizemos sobre o filme Saving Mr. Banks que em português se chama Walt Disney nos Bastidores de Mary Poppins, este filme conta um pouco da história pessoal de Pamela Travers que originou a personagem e como o empresário Walt conseguiu os direitos autorais para o filme lançado em 1964. 

Veja os figurinos:

Comentários

Nossas Redes sociais