Figurino Jade em O Clone

E o post de hoje é dedicado aos looks da Jade (Giovana Antonelli) na novela O Clone (2001), veja o figurinos desta personagem e relembre ou conheça um pouco do início dos anos 2000. 


A personagem Jade da novela O clone

Sinopse 

O Clone foi uma novela escrita por Glória Perez (mesma autora de A força do Querer), que retrata a cultura muçulmana, tendo o Marrocos um dos países mais tradicionais, que segue ao pé da letra, sem modernidades o Islã, como um dos cenários principais. 

A novela apresenta o amor entre Jade (Giovana Antoneli) uma jovem muçulmana, criada no Brasil entre costumes brasileiros e Lucas (Murilo Benicio) um rapaz de família rica, que não é muçulmano, ele tem um irmão gêmeo Diogo (Murilo Benicio) que morre em um acidente, e logo em seguida, o cientista Albieri (Juca de Oliveira), cria um clone do Lucas, o Léo que vem ao mundo em forma de inseminação artificial, feita na personagem Deusa (Adriana Lessa) uma moça que sonhava a todo custo ser mãe, por isso o nome da novela. 

A primeira fase da história ocorre nos anos oitenta após a morte de sua mãe, Jade (Giovana Antonelli) é enviada para o Marrocos, para morar com seu tio por parte de pai, o Ali (Stênio Garcia). Logo este era o visual dela nesta fase, ela parecia uma hippie, você não acham ?


Jade (Giovana Antoneli)


Ao chegar lá ela se depara com a prima Latifa (Leticia Sabatella) que está quase noiva do Said (Dalton Vigh), o casamento está sendo combinado pelas famílias, porém ambos tiveram a mesma ama de leite quando nasceram, logo devido a isso são considerados irmãos (mesmo não tendo o mesmo pai e mesma mãe) a criada que os amamentou era a mesma. Então ficou combinado que Latifa (Leticia Sabatella) se casaria com Mohamed (irmão de Said) e Jade se casaria com Said. 

Reparem que tanto no figurino acima, quanto no da foto abaixo vemos Jade vestindo a cor verde, guardem esta informação, ao longo da novela esta cor, continua presente nos looks da personagem, provavelmente porque Jade é uma pedra verde entre outros motivos. 

 Outro detalhe vejam a cena abaixo as mulheres com roupas escuras e apenas Jade com uma cor clara, uma vez que ela é a protagonista, precisa se destacar na cena, essa técnica é muito usada no cinema também, no filme Titanic (1997) nos figurinos da Rose (Kate Winslet) isso é muito presente. 


Jade e soraide entre outras mulheres no Marrocos


Ao chegar no Marrocos, Jade (Giovana Antonelli) sonhava em estudar medicina e logo conhece Lucas (Murilo Benicio) e inicia um romance com ele, daí vem o tio Ali e promete a mão da Jade para o Said e de acordo com a lei deles a palavra de um homem, tem muito valor e não pode ser retirada. 

Isso é o que é apresentado na novela, porém em várias matérias da época encontramos relatos de muçulmanos e inclusive de uma pessoa que prestava assessoria para a novela, dizendo que em plenos anos 80 (primeira fase da novela), nenhuma mulher era obrigada a se casar, que a noiva teria o direito do não. E que a novela havia se baseado em costumes pré-islâmicos, ou seja, muito antigos. 

Então Jade se casa com Said, que na época era um próspero comerciante, órfão que foi criado pela irmã mais velha Dona Nazia (Eliane Jardini), após o casamento vemos as primeiras mudanças no visual da Jade o volume do cabelo desaparece, ela começa a fazer a sobrancelha e seu figurino fica um pouco mais fashion.


Said e Jade cena Casamento


  • Looks da Jade (Giovana Antoneli) na Segunda Fase 

Durante a primeira fase após a separação do Lucas e da Jade tem um espaço de dez anos e daí a novela dá um salto de mais dez anos, ou seja, vinte anos se passaram desde o inicio do romance proibido do casal principal. 

O Said vira um empresário do ramo de exportação, de muito sucesso, logo o visual da Jade (Giovana Antonelli) muda completamente, a riqueza do marido é refletida no visual de sua mulher (de acordo com a novela), então vemos uma protagonista abarrotada de jóias e roupas com brilho, muito bem maquiada e arrumada até o fim da trama. 

O que também parece ser uma adaptação da novela, sim apesar das muçulmanas usarem o véu, e da maquiagem e joalheria fazerem parte da cultura, elas não andam todas arrumadas igual Jade (Giovana Antonelli) no dia a dia, o figurino dela apesar de contar com tecidos comprados no Marrocos, esta mais para um figurino (os looks com calça, vestidos) inspirados nas coleções do Yves Saint Laurent, do que para a realidade da vestimenta da época (2000). 

A principio ela passou os últimos dez anos, ou até um pouco mais morando no Marrocos com o Said (Dalton Vigh) e a filha Hadijah (Carla Diaz), após este período o marido dela resolve fazer negócio justo com a empresa do Leonidas (pai do Lucas) e eles se mudam para o Brasil, ele é convidado para ir a uma festa na casa do Lucas, com a família, ele quer mostrar ao rival ou ter certeza absoluta que a Jade (Giovana Antonelli) não sente mais nada por ele, e aí o casal se reencontra e começa, um verdadeiro casos de família, com direito a brigas, barracos, divórcios até o fim da trama. 


Jade (Giovana Antoneli) cena atropelada



Mesmo os looks dela sendo totalmente cobertos (nas cenas em que ela esta fora de casa) é possível ver a diferença de personalidade dela e da Latifa (Leticia Sabatella), veja na cena abaixo ela de dourado e a prima de vinho, uma cor mais sóbria. 


Cena Jade e Latifa com Lucas na rua


Na cena abaixo, vemos a mesma coisa, Latifa com um look mais fechado e Jade com um figurino mais esfuziante digamos. Outro detalhe, ambas usam jóias, porém a Latifa não usa muitas jóias exuberantes e quando usa são menores mais simples em comparação com as da Jade (Giovana Antonelli) uma vez que o marido da protagonista, tem uma condição de vida melhor que a do Mohamed (marido da Latifa) que é um comerciante, de bairro. Logo o padrão social do homem é refletido no visual de sua esposa (isso é dito com outras palavras na novela inteira). 


Cena da novela O clone
Latifa (Leticia Sabatela) e Jade (Giovana Antonelli)


Basicamente, as roupas da Jade, apresentam cores vibrantes e alegres, principalmente após a vinda dela (depois de vinte anos) para o Brasil, o verde principalmente, poderia ser pelo fato da novela ter passado em ano de Copa do Mundo, quando o Brasil se tornou Penta campeão em 2002, a novela havia iniciado no ano anterior, em entrevistas da época, li que uma coleção do estilista Yves Saint Laurent (ainda daquela época), serviu de inspiração para os figurinos da protagonista. 

Vejam no look abaixo, a protagonista usa uma calça larga, que tem um pano amarrado na cintura (vejam na foto menor), as jóias representam a riqueza do Said e o decote provavelmente seria influencia do Brasil, uma vez que ela foi criada como brasileira, e ao voltar para o país adotou detalhes desta cultura em seu figurino. 



Imagem jade com look amarelo

Além das cores vivas, temos nos looks da Jade, roupas no tons de marrom, por quê ? Digamos que as cores do Marrocos, marrom, laranja, magenta, também foram aderidas para o figurino da personagem. 

As roupas delas se dividem basicamente em a saia calça (da imagem acima) a blusa e saia ou vestidos, abaixo ao lado dos looks da Jade vocês estão vendo fotos de coleções do Yves Saint Laurent, que supostamente inspiraram os figurinos da novela,  achei looks de coleções de 1999 que batem com o figurino das personagens de O Clone.  

As imagens a seguir dos desfiles são para demonstrar que a personagem teve uma inspiração em looks Orientais, por isso encontramos várias matérias da época, do lançamento da novela, dizendo que a vestimenta da Jade, com decotes, não condiz com a cultura real muçulmana. 


A personagem Jade e desfile de Yves Saint Laurent modelo



Detalhe que durante a trama ela teve dois casamentos, o primeiro com o Said e o segundo com o Zein (Luciano Szafir), após uma discussão eles se divorciam para quem não lembra o marido teria que falar três vezes que repudiava a esposa, enfim o Said (Dalton Vigh) faz isso e depois se arrepende, porém não pode casar novamente com a Jade, a não se que ela tivesse se casado com outro homem, ou seja, após o divórcio casar em seguida com a mesma mulher não é permitido (de acordo com a novela). 

Também achei uma matéria da época em que o Clone estava ao ar, dizendo que isso não seria necessário, para retomar um casamento, acredito que possa ser um costume muito antigo, como a novela se passa em um país muçulmano super conservador, isso poderia ter inspirado a autora Glória Perez. 

Logo ele combina com o Zein dele casar com a Jade e devolvê-la no dia seguinte ao casamento. 

O Zein era um muçulmano nada religioso, que vivia fora das leis dos Islã, ele tinha uma boate e vivia cercado de mulheres, a vida moderna que a Jade queria para si no inicio da trama é o que o Zein tem, por isso ele aceita se casar, apenas para viver a experiência do casamento por um dia. 

Vejam a cara da noiva em seu primeiro casamento e em seguida no casório com o amigo do ex-marido que ela nem conhecia (literalmente ela viu ele pela primeira vez no casamento). 



Vestido de noivas da Jade em O clone cenas


A cena abaixo é demais, para sair do país Jade precisa da autorização por escrita do marido, ou responsável, no caso ela pede para o tio Abdul assinar uma oração que ela pretende enviar para os filhos da Latifa no Brasil, quando na verdade o papel é a autorização para ela viajar sozinha para o Brasil. 

Sabiam que na história do casamento com o Zein, na verdade queriam casa-la com o Tio Abdul (velhinho da foto abaixo), porém o Said teimou em casa-la com o amigo bonitão.


Tio Abdul e Jade em cena de O clone
Tio Abdul e Jade em O Clone


Lembram dos figurinos verdes, da protagonista no início do post ? Pois bem vejam que eles continuam nesta fase mulher rica e fashionista do Marrocos. Seja pelo fato de verde ser a cor da pedra que leva seu nome, ou devido a copa do mundo que ocorreu no ano da novela é muito comum em tramas, uma cor representar a personagem, isso não foi uma novidade. 

LEIA TAMBÉM: 




Jade e Radija e modelo Yves Saint Laurent

Referências: 
Imagens do post: Página do Facebook - O Clone  (dedicada a novela tem bastante coisa sobre outros personagens e fotos de bastidores). 

Comentários

Nossas Redes sociais